Banco de Sangue Serum passa a integrar o Grupo GSH

Publicado em 02/05/2016


Banco de Sangue Serum passa a integrar o Grupo GSH

Empresa prestadora de serviços médicos em hematologia e hemoterapia, localizada no centro do Rio de Janeiro, agora faz parte do Grupo GSH; empresa que também é responsável por bancos em Ribeirão Preto, Araçatuba, no interior paulista, Petrópolis e Recife

A Serum Hematologia e Hemoterapia passou a integrar, desde 1º de março, o Grupo GSH, empresa sediada em Ribeirão Preto, no interior paulista, com 37 anos de tradição e responsável por bancos de sangue em Recife (PE), Petrópolis (RJ), além de Ribeirão Preto e Araçatuba, ambas no interior de São Paulo. A parceria vai continuar garantindo a doadores, pacientes e fornecedores a mesma qualidade já praticada e o comprometimento para a geração de ainda mais resultados.

A tradição, investimento em tecnologia, amplo conhecimento do segmento, foco total em segurança e alto rigor técnico fizeram com que o GSH se tornasse referência em hemoterapia no Brasil. O encontro das duas trajetórias de sucesso devem levar o grupo a um patamar ainda maior de serviços em hemoterapia.

Para os doadores da Serum nada muda. Eles continuam a ser tratados com o mesmo respeito e ética de sempre. A marca também continua a mesma, apenas com nova direção e administração.

A Serum realiza, em média, 1.500 coletas e 2.000 transfusões de sangue por mês. Foi fundada em 1987 e conta com cerca de 130 funcionários, entre médicos, enfermeiras, assistentes sociais, psicólogas e técnicos altamente qualificados, para atendimento transfusional, e pessoal de apoio administrativo.

As doações podem continuar a ser feitas no Hospital da 3ª Ordem do Carmo, 3º andar, na rua do Riachuelo, 43, no Centro do Rio de Janeiro. O horário é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Nas quartas-feiras o horário se estende até as 17h, e aos sábados, as doações acontecem entre 8h e 12h.

Informações para a imprensa:
Março/2016

Fonte Assessoria de Imprensa
Tel.: (16) 2111-7200 / (11) 3014-3090
www.fonte.jor.br
www.twitter.com/fonte

Outras notícias